Links quebrados? Reportem no Discord!

Otona Joshi no Anime Time: Dokoka Dewanai Koko (2013)

 

Yo minna!

Feliz Páscoa a todos, primeiramente. Gostaríamos de estar lançando uma surpresa que estava esquematizada para ser lançada antes de começar a temporada nova hoje, mas como sempre, imprevistos acontecem. O prêmio de consolação então é o terceiro e último especial desta nova fase de Otona Joshi no Anime Time.

Ah sim, e antes que perguntem, Zetsuen no Tempest, o último episódio já está praticamente pronto. Deve sair logo, o que vai atrasar um pouco é que a ED tem mais linhas que o normal ._. Mas já está em fase de produção, então quem quiser aguardar, garanto que valerá a pena, porque Zetsuen no Tempest foi o melhor anime da temporada de outubro/janeiro, sem dúvidas.

Mas isso fica para o post de Zetsuen hahahaha. Porque este post é de Dokoka Dewanai Koko, ou traduzindo “Em qualquer lugar, menos aqui”, ou como sempre aquele nome alternativo que costumo dar, que no caso é “Que merda eu fiz da minha vida?”

A história é da dona-de-casa de 43 anos, Katou Maho, que de repente vê sua vida se transformar em uma bagunça após o marido ter sido demitido de um emprego de muitos anos, fazendo com que ela tivesse que arrumar um trabalho de meio-período e seus filhos começarem a crescer e perder o respeito por ela. De todos os especiais, este foi o que realmente me deixou mais triste, porque primeiro, não sei quanto a vocês, mas mãe é mãe para mim. É inconcebível pensar em tratar a minha mãe da forma que os filhos ingratos da Maho tratam ela no episódio.

O filho mais velho é um vagabundo, no sentido que não faz nada, que entrou na universidade e só pensa em si mesmo, pouco se importando para a família. A filha é uma vagabunda, no sentido de, vocês sabem, porque fica vários dias fora de casa sem dar explicação nenhuma. O marido é um pobre coitado, que não tem nem um pouco de iniciativa própria. E para fechar a conta, ainda temos a mãe da Maho, outra pobre coitada, que só sabe prestar atenção na vida dos outros para esquecer da própria.

Todas essas coisas fazem da nossa protagonista da vez uma das personagens mais infelizes que já vi nos animes. E ainda por cima, a Maho tem que trabalhar num emprego de meio-período como caixa de supermercado no turno da madrugada! Ela entra no serviço as 22 horas, sai de madrugada, volta para casa antes do amanhecer, prepara a marmita de todo mundo e o café-da-manhã, cuida da casa, e só então ela dorme, para acordar no meio da tarde para ir visitar a mãe dela, que fica ligando o tempo todo para contar a vida de todo mundo, volta para casa, prepara a janta do marido e filhos e então sai para trabalhar de novo. É uma rotina desgraçada, não acham?

Mas a Maho não se irrita com isso. Ela simplesmente se sente vazia. Tudo o que ela pensa é em dormir, como se fosse uma forma de esquecer dos problemas (várias situações, ao invés de enfrentar o problema, ela se cala e dorme) o que torna tudo ainda mais triste. Uma vida sem perspectivas, onde as pessoas que ela mais ama e se preocupa pouco se importam com ela. Muitas coisas tensas acontecem nesse especial, prefiro que vocês vejam por si próprios.

Mas o final não é triste, porque no final, essa mulher finalmente consegue erguer a cabeça e sorrir, mesmo com tantas coisas ruins acontecendo, mostrando que é outra personagem forte, como todas as outras mulheres de Otona Joshi, com exceção da Mimi-chan de Yuuge LOL.

Enfim, vamos aos links e bom drama para vocês:

 



Otona Joshi no Anime Time: Dokoka Dewanai Koko [HD - 10bit] [FF] [UP] [UB] [F4]

 

A vida nem sempre é como a gente quer, mas enquanto estivermos vivos,

devemos erguer a cabeça e seguir em frente.





Não esqueçam de atualizar os seus codecs.

Espero que gostem e encerramos aqui nosso primeiro projeto da nova temporada. É só o começo do que ainda está por vir à partir dessa semana. Vejo vocês nas próximas postagens.

Até mais, com mais episódios.

Aoisaika.

0 comentários:

Postar um comentário